Postagem em destaque

À venda

Com esse frio intenso neste inverno, a vontade de se empacotar é enorme, mas queremos ficar elegantes também! Nada como peças feitas sob med...

6.01.2016

Aprendendo Crochê

Post 1: pontos básicos

O  crochê é uma antiga e muito versátil técnica de artesanato que utiliza uma agulha com ponta curva ou gancho e produz um tecido semelhante a malha ou renda. Hoje em dia há técnicas de crochê tunisiano, de grampo, de dedos, porém aqui vou mostrar o tradicional.

Veja como fazer os pontos básicos usados no crochê. Para saber mais sobre agulhas, linhas, gráficos e outras dicas sobre crochê, acompanhe nossos post's.

1 Ponto corrente: Usado para começar qualquer trabalho em crochê, é o ponto mais simples e básico.  Abreviado como "corr".
Como fazer: segure a agulha de forma confortável numa mão e apoie o fio na outra. Agora forme um nó móvel em torno da agulha, dê a volta com a linha e passe pela laçada do nó. Agora o pedaço de fio que você puxou está enrolado na agulha e você pode puxar outra laçada através dele. Você tem um ponto corrente. Basta repetir isso até que você tenha a quantidade desejada de pontos. Veja baixo nas imagens.
nó ajustável 
Pontos de crochê
ponto corrente ou correntinha




2 Ponto baixíssimo: Esse ponto é utilizado para unir peças, arrematar pontos, reforçar bordas ou levar o fio para uma posição diferente sem mudar a altura. Abreviado como "pbx" nas receitas.
Como fazer: Puxe uma nova laçada através da que já está na agulha, como no ponto correntinha.
ponto baixíssimo

3 Ponto baixo: possui uma trama apertada e firme. Abreviado como "pb".
Como fazer: faça uma nova laçada no ponto correntinha (mas não na laçada que já está na agulha). Agora você deve ter duas laçadas na agulha. Puxe uma nova laçada através das duas, mantendo só uma laçada na agulha.  Veja na imagem.
ponto baixo

4 Meio ponto alto: Os meios pontos altos são utilizados para reforço no crochê de recortes ou nas diminuições feitas em superfícies curvas, servindo de transição entre o ponto baixo e os pontos altos. Trabalhando-se sempre em meios pontos altos, obtém-se um pequeno canelado. Abrevia-se  como m.p.a.
Como fazer: inicie cada ponto com uma laçada, coloque a agulha na alça do ponto da carreira anterios,  faça outra laçada. Você ficará com um ponto e duas alças na agulha, faça outra laçada puxando através das 3 argolas na agulha, fechando o ponto de uma vez só.
meio ponto alto


5 Ponto alto: Possui uma trama mais aberta e mole. Abreviado "pa", um ponto simples possui a altura de 3 correntinhas, porém pode ser estendido aumento-se as laçadas, ficando duplo, triplo, etc. Usado para fazer relevos e feitos.
Como fazer: Passe a linha pela agulha, formando uma alça, depois passe a linha através do ponto corrente, formando uma laçada. Você terá três alças na agulha. Agora, faça uma nova laçada passando através das duas laçadas que estão na agulha. Você ficará com apenas duas laçadas. Passe uma nova laçada pelas duas que restam na agulha, você terminará com uma laçada apenas na agulha. Veja na imagem abaixo.

ponto alto
6 Ponto alto duplo, triplo, etc: 
Igual ao ponto alto, porém inclui-se mais uma (ou duas, ou três) voltas, cada uma formando uma laçada, assim o ponto fica mais alto.
Como fazer: Passe a linha duas vezes pela agulha pela agulha, formando duas alças, depois passe a linha através do ponto corrente, formando uma laçada. Você terá quatro alças na agulha. Agora, faça uma nova laçada passando através das duas laçadas que estão na agulha. Você ainda ficará com três laçadas. Faça novamente uma laçada passando por duas alças, terminando com apenas duas laçadas na agulha. Agora passe uma nova laçada pelas duas que restam na agulha, você terminará com uma laçada apenas na agulha. Veja na imagem abaixo.
ponto alto duplo 

No próximo post veja como começar um trabalho de crochê e outras dicas. 

Gostou desse post? Foi útil? Comente e compartilhe!