Postagem em destaque

À venda

Com esse frio intenso neste inverno, a vontade de se empacotar é enorme, mas queremos ficar elegantes também! Nada como peças feitas sob med...

6.23.2016

Como escolher agulhas para tricô 2

Muito bem vamos continuar o assunto de escolher agulhas de tricô.
Os materiais dos quais as agulhas são feitas diferem bastante, saiba quais são e suas vantagens.

Tipos de agulhas 

* De bambu: são leves e flexíveis, quentes ao toque e fortes. Tem uma leve aderência, portanto os pontos ficam no lugar. São indicadas para todos os tipos de lã, especialmente as mais finas; são de fácil uso para iniciantes e quem artrite. O cuidado é que as de tamanho menor têm mais facilidade para entortar ou quebrar.

* De metal: podem ser de vários tipos de metal ou revestidas. Costumam ser frias ao toque, mais lisas e pesadas, porém são fortes e não se estragam facilmente. São boas para todos os tipos de lã, especialmente acrílico e mesclas (texturizadas), pois os pontos correm mais facilmente.

* De plástico: mais acessíveis, costumam ser mais lisas e flexíveis, excelente para todos os tipos de lã.

* De madeira: lisas mas não escorregadias, boa escolha para iniciantes e para fios mais escorregadios.

Cominando as agulhas com a lã

Agora falando de como combiná-las com a linha certa. Tenha em mente, ao escolher suas agulhas, o seguinte:

* Agulhas mais lisas permitem que o ponto se solte com maior facilidade, sendo , portanto, uma boa para usar com linhas com texturas. Se você é iniciante,  tenha cuidado para não perder pontos.

* Agulhas com mais aderência, como de madeira, são indicadas para fios mais lisos.

* As agulhas devem ser guardas com cuidado para não se perderem. Prefira um estojo de agulhas, pois elas podem durar bastante tempo se bem conservadas.

* Faça uma amostra antes de começar o seu trabalho.
Mesmo que você compre a linha e agulha indicadas numa receita, poderá haver diferença nos pontos, pois cada pessoa tem seu jeito de tricotar. Esteja preparado para aumentar ou diminuir pontos nas bordas- da amostra-, para conseguir a amostra compatível.

* Ao fazer os pontos, procure não fazê-los muito apertados nem muito soltos.

* Não deixe as crianças terem acesso as agulhas.